CONTACTO    ACTIVIDADES    MÍDIA    EDUCAÇÃO & LEITURA    LIVROS    PLANTAS    LENDAS    GASTRONOMIA


Dulce Rodrigues, escritora

páginas em francês   páginas em português   páginas em inglês

HOME

EFEMÉRIDES da HISTÓRIA

JANEIRO

FEVEREIRO

MARÇO

ABRIL

MAIO

JUNHO

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

 

Livro de Visitas

LIVRO de VISITAS

 
 

EFEMÉRIDES DO MÊS DE AGOSTO

  • 01 - Dia Nacional da Suíça: aniversário da conclusão do pacto perpétuo de 1291, pelo qual foi criada a Confederação Suíça, ou Helvética.

    Carta de 1291 instituindo a Confederação Helvética
    Carta de 1291 instituindo a Confederação Helvética

  • 03, 1538 - Começa o primeiro cerco à fortaleza de Diu (Índia): a resistência heróica dos Portugueses obrigou os sitiantes a abandonarem o cerco, a 5 de Novembro seguinte, ainda antes da chegada dos reforços que em socorro da praça haviam sido enviados.
     
  • 04, 1578 – Batalha de Alcácer-Quibir, em que veio a morrer o monarca portuugês D. Sebastião. No aceso da luta, e quando a sorte pendia já para os adversários, houve a preocupação de salvar a vido do rei que, entretanto, insistia em combater, exclamando: “Morrer, sim, mas devagar”.
     
  • 06, 1945 - Bombardeamento atómico pelos Estados Unidos da cidade japonesa de Hiroshima, durante a Segunda Guerra.
     
  • 8, 1709 – O Padre Bartolomeu de Gusmão apresentou à corte portuguesa o seu invento, que ficou conhecido para a História como “Passarola”.

    Passarola de Bartolumeu de Gusmão
    Passarola do Padro Bartolumeu de Gusmão

  • 09, 1945 - Bombardeamento atómico pelos Estados Unidos da cidade japonesa de Nagasaki, durante a Segunda Guerra.
     
  • 10, 1511 – Conquista de Malaca por Afonso de Albuquerque: com a tomada de mais esta praça, os navios portugueses puderam passar a dispor de um ponto de apoio para as suas explorações no Extremo Oriente.
     
  • 11, 1578 - Morre Pedro Nunes, um dos cientistas de maior prestígio internacional durante a época do Renascimento. Nascido em Alcácer do Sal no ano de 1502, foi nomeado Cosmógrafo-mor do reino em 1547. Foi autor de numerosas obras que o tornaram conhecido no estrangeiro, entre elas a De Crepusculis, na qual desenvolve o método que permitiu aumentar a precisão das leituras nos instrumentos de altura cujas escalas, até então, tinham como menor divisão o grau. Este processo engenhoso ficou conhecido por nónio, em homenagem ao nome latino Nonius do cientista. Deve-se igualmente a Pedro Nunes a teoria da curva loxodrómica, que mais tarde Mercator utilizou para desenhar a carta de latitudes crescidas, segundo a qual, se se mantiver o rumo do navio, pode traçar-se o caminho do mesmo como uma linha recta. Pedro Nunes interessou-se igualmente pelo desenvolvimento e criação de instrumentos astronómicos, como o instrumento de sombras e o anel náutico. Foi publicada em 1592 em Basileia, na Suíça, uma edição completa das suas obras.
    Para ler mais sobre a Vida e Obra de Pedro Nunes.
     
  • 13, 1162 – D. Afonso Henriques institui a Ordem Militar de Avis que, inicialmente, teve a sua sede em Coimbra, mudando-se depois para Évora e fixando-se no reinado de D. Afonso II em Avis.
     
  • 13, 1862 – Pelo Tratado de Tien-Tsin a China reconhece a Portugal a posse de Macau.
     
  • 14, 1318 – A Ordem Militar de Cristo é instituída no reinado de D. Dinis. Começou por ter a sua sede em Castro Marim para se fixar em 1356 em Tomar.
     
  • 14, 1385 - Batalha de Aljubarrota: Ao cair da tarde desse dia, o exército português comandado pelo Condestável Nuno Álvares Pereira infligia uma das maiores derrotas de sempre às forças militares castelhanas. Estava em causa a independência nacional de Portugal: o rei de Castela, alegando direitos de sucessão ao trono de Portugal, tinha invadido o País. As forças portuguesas eram desproporcionalmente reduzidas (cerca de 7000 homens) perante a esmagadora superiodade numérica (cerca de 22000 homens) e de apetrechamento da hoste castelhana, mas o sentimento patriótico operou milagres e as tropas portuguesas saíram vencedoras na Batalha de Aljubarrota.
    Em acção de graças por este acontecimento, João I - que quatro meses antes fora aclamado rei em Coimbra - mandou construir o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, mais conhecido por Mosteiro da Batalha.

    Mosteiro da Batalha
    Mosteiro da Batalha

  • 15 - Dia Nacional da República da Índia: aniversário da proclamação da independência, em 1947, do domínio do império britânico.
     
  • 15 - Dia Nacional do Liechtenstein: dia de aniversário do príncipe.
     
  • 15, 1195 - Nasce em Lisboa Fernando de Bulhões, que ficou conhecido para a História como Santo António. A sua vocação religiosa levou-o a ingressar na Ordem de Santo Agostinho, primeiramente no Mosteiro de S. Vicente, em Lisboa, depois no Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra. Nesta cidade, tomou conhecimento, anos mais tarde, com um grupo de frades franciscanos, cuja influência foi determinante para o seu futuro. Mudou então o nome para António e juntou-se aos Franciscanos, partindo para Marrocos com o fim de evangelizar esse povo. Durante a viagem adoeceu, pelo que resolveu voltar para Portugal, mas o barco naufragou e foi dar às costas da Itália. Foi recolhido por frades franciscanos italianos, a quem ajudou a criar um Capítulo franciscano na cidade de Assis. Entretanto, conheceu S. Francisco, de quem se tornou amigo e um precioso auxiliar. Santo António morreu em Arcelo, uma pequena cidade perto de Assis, em 13 de Junho de 1232 e foi canonizado no ano seguinte. Em 1946, Santo António foi proclamado Doutor da Igreja, sendo o primeiro e único Português a ter a honra desse título. Em Portugal, Santo António é sem dúvida o mais popular de todos os santos e as celebrações do dia 13 de Junho espalham-se por todo o País, sendo mesmo feriado em muitas cidades, entre elas Lisboa.
    Como nasceu no Dia de Nossa Senhora da Assunção, a iconografia de Santo António - ao contrário da de qualquer outro santo - mostra-o com o Menino nos braços, um privilégio que partilha com a Virgem Maria, que é também festejada no dia 15 de Agosto.

    Santo António de Lisboa com o Menino Jesus
    Santo António de Lisboa com o Menino Jesus.
     

  • 15, 1432 – Descobrimento da ilha de Santa Maria, Açores, por Gonçalo Velho Cabral.
     
  • 15, 1648 – Restauração de Angola por uma armada, organizada e saída do Brasil, sob o comando de Salvador Correia de Sá. Do primeiro ataque à cidade de Luanda logo resultou a proposta de uma rendição honrosa por parte do invasor holandês.
     
  • 17, 1808 - Batalha da Roliça: Os Portugueses, com a ajuda dos Ingleses, derrotam as tropas invasoras francesas na Roliça. Três dias depois, os Franceses, sob o comando de Junot, são de novo derrotados no Vimieiro.
     
  • 21, 1415 - Tomada de Ceuta (Marrocos) por uma expedição em que seguiam Dom João I e seus filhos os Infantes Dom Duarte, Dom Pedro e Dom Henrique, para o efeito armados cavaleiros. Ceuta, uma rica cidade do Norte de África, foi o primeiro passo da expansão portuguesa no mundo.
     
  • 21, 1808 – Batalha do Vimieiro, em que os Franceses são batidos e obrigados a retirarem sobre Torres Vedras e depois sobre Mafra a caminho de Lisboa.
     
  • 15 - Dia Nacional da Roménia: aniversário da libertação em 1944.
     
  • 24 - Tomada de Arzila (Marrocos) no reinado de Dom Afonso V. A vitória foi de tal modo fulminante que, quatro dias depois, os habitantes de Tânger, aterrorizados com a notícia que entretanto lhes chegara, abandonaram a praça para não virem a ter o mesmo fim. Conhecedor deste facto, Dom Afonso V enviou tropas que fizeram a ocupação da cidade sem terem necessidade de disparar.
     
  • 25, 1849 - Combate de Passaleão (Macau)), em que o tenente de Artilharia Vicente Nicolau de Mesquita praticou um extraordinário acto de bravura. Depois de assassinarem o governador Ferreira do Amaral, os Chineses preparavam-se para atacar Macau, concentrando-se no forte de Passaleão, fronteiro à cidade. O tenente Mesquita, depois de se avariar o único obus disponível, resolveu imediatamente lançar um assalto com 36 homens que encorajou a seguirem-no. Os 400 Chineses que ocupavam o forte debandaram, frente a tamanho golpe de audácia.
     
  • 29, 1499 – A frota de Vasco da Gama regressa a Lisboa (Restelo), onde foram recebidos apoteoticamente. Todavia, dos 160 homens que constituíam a guarnição à partida, apenas regressaram 55.
     
  • 30, 1808 – Assinatura da Convenção de Sintra, que pôs termo à primeira invasão francesa.
     

Uma efeméride importante na nossa vida é a do dia em que nascemos.
Gostaria de saber quanto tempo já passou desde esse dia?
Divirta-se a calcular
 

 
 



LIVROS para CRIANÇAS

 

OUTROS LIVROS

 

GUIÕES de TEATRO

PORTAL JUVENIL 

sítio infanto-juvenil Barry4kids, em quatro línguas  



Siga Dulce Rodrigues no Google

Siga Dulce Rodrigues no Facebook Siga Dulce Rodrigues no YouTube Siga Dulce Rodrigues no Pinterest Siga no LinkedIn  

Copyright © Dulce Rodrigues, 2000-2016. Reservados todos os direitos.